Como selecionar os melhores selos postais para uma coleção

Selos postais

Uma boa coleção de selos postais é aquela que reúne os melhores selos e apresenta-os segundo um encadeamento lógico e racional. Saiba como selecionar os melhores selos postais para uma coleção e transforme a sua numa das obras mais completas e desejadas de todo o mundo.

Todos os filatelistas desejam que a sua coleção de selos postais seja a melhor de todas, pois a ela dedicaram muito do seu tempo e esforço pessoal. Numa coleção de selos postais é comum encontrar toda a afetividade e trabalho de um determinado autor, pois ela é o bilhete de identidade de um bom filatelista.

Nesse sentido, para que uma determinada coleção de selos postais seja a mais clara e completa possível, é necessário que um filatelista selecione os melhores selos postais. Para o fazer e para que a sua coleção de selos postais se distinga das demais, deve seguir os passos seguintes:

Escolher o tipo de filatelia

Dentro do filatelismo, existem vários tipos de filatelia que ilustram as mais diversas coleções de selos postais que podem ser realizadas. Por exemplo: a filatelia tradicional, inteiros postais, filatelia moderna, juvenil, entre outros. Um bom filatelista deve escolher qual o tipo de filatelia que melhor condiz com a coleção de selos que está a realizar. Assim, estará a especializar a sua coleção e a direcioná-la para um patamar de excelência que é comum a todos os filatelistas.

Separar os selos postais

Este é um passo fundamental para selecionar e juntar os melhores selos postais numa determinada coleção. Deve escolher e separar todos os selos que estão relacionados com o tipo de coleção que está a realizar. Ao fazê-lo, está a construir uma coleção de selos postais lógica e harmoniosa. Quanto aos selos postais que em nada se relacionam com a sua coleção, devem ser guardados para que possam ser utilizados numa eventual troca ou venda de selos futura.

Ordenar os selos postais selecionados

Os melhores selos postais que estiverem na sua posse e que vão integrar a sua coleção devem ser ordenados por tema, país de origem e ano de impressão. É uma forma metódica e agradável de expor e apresentar a sua coleção ao público e é também um método infalível que lhe permite saber se a sua coleção está mais ou menos completa.

Organizar a coleção de selos postais

Um bom filatelista é uma pessoa organizada e com métodos de trabalho próprios e uma boa coleção de selos postais é disso reflexo. Para que todo o trabalho de escolha, seleção e ordenação não seja comprometido, é necessário que a coleção de selos postais seja bem organizada. Este é um dos pontos-chave para o sucesso de uma coleção de selos postais e é um dos aspetos mais importantes no que toca a diferenciar e distingui-la das demais.

Adquirir um álbum de selos postais

Este é o momento em que a coleção de selos postais ganha forma numa estrutura física. Deve adquirir um álbum próprio para selos postais, cujas folhas tenham tiras horizontais (os designados álbuns classificadores) e colocar os selos postais que anteriormente havia selecionado. Este é um dos aspetos mais importantes, pois a apresentação de uma coleção de selos postais será determinante para que ela seja catalogada de boa ou má coleção. A aparência deve ser o mais agradável possível, pois trata-se da qualidade dos selos postais que nela estão contidos e da própria imagem do filatelista.

A sua votação: